A CGFOME

A Coordenação-Geral de Cooperação Humanitária e Combate à Fome (CGFOME) trata das ações de prestação de cooperação humanitária internacional do Governo brasileiro, tanto na vertente emergencial quanto estrutural, e dos temas da segurança alimentar e nutricional e desenvolvimento rural sustentável, no âmbito internacional. A Coordenação realiza interlocução sobre esses temas com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o Programa Mundial de Alimentos (PMA), o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), o Escritório das Nações Unidas para Redução do Risco de Desastres (UNISDR), entre outros organismos das Nações Unidas.


Leia mais...

Oportunidades

Esta seção traz informações atualizadas sobre oportunidades e vagas em organismos internacionais atuando nos diversos campos da cooperação humanitária. As informações aqui apresentadas, assim como os processos seletivos referentes, são de completa responsabilidade das organizações contratantes. Na página oficial das Nações Unidas no Brasil, é possível também encontrar os registros mais atualizados de oportunidades para trabalhar no sistema ONU no Brasil.

 

Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO)

1) Profissional técnico para o Departamento de Desenvolvimento Econômico e Social

a) Referência: IRC3144;
b) Data limite para inscrições: 26 de fevereiro de 2016;
c) Título (em inglês): Statistician (Disaster assessment and resilience measurement);
d) Nível: P2;
e) Unidade (em inglês): Statistics Division (ESS), Economic and Social Development Department (ES);
f)  Local de trabalho: Roma, Itália;
g) Duração do Contrato: dois anos;

Requisitos mínimos: (a) pós-graduação em Estatística, Economia, ou em áreas relacionadas; (b) três anos de experiência relevante na aplicação de métodos estatísticos para a compilação e análise de estatísticas sociais, de preferência em institutos nacionais de estatística ou organizações internacionais; (c) fluência em inglês, francês ou espanhol, e conhecimentos limitados de um dos outros dois idiomas, ou de árabe, chinês ou russo.

2) Profissional técnico para o Departamento de Desenvolvimento Econômico e Social

a) Referência: IRC3145;
b) Data limite para inscrições: 26 de fevereiro de 2016;
c) Título (em inglês): Statistician (Methodologies);
d) Nível: P2;
e) Unidade (em inglês): Statistics Division (ESS), Economic and Social Development Department (ES);
f)  Local de trabalho: Roma, Itália;
g) Duração do Contrato: dois anos;

Requisitos mínimos: (a) pós-graduação em Matemática, Estatística, Economia (complementada por treinamento em métodos quantitativos), ou em áreas relacionadas; (b) três anos de experiência relevante em desenvolvimento metodológico, compilação, análise e/ou avaliação de indicadores estatísticos em organizações nacionais ou internacionais; (c) fluência em inglês, francês ou espanhol, e conhecimentos limitados de um dos outros dois idiomas, ou de árabe, chinês ou russo.

3) Profissional técnico para o Departamento de Desenvolvimento Econômico e Social

a) Referência: IRC3146;
b) Data limite para inscrições: 26 de fevereiro de 2016;
c) Título (em inglês): Statistician (Decent Rural Employment and Social Protection);
d) Nível: P3;
e) Unidade (em inglês): Statistics Division (ESS), Economic and Social Development Department (ES);
f)  Local de trabalho: Roma, Itália;
g) Duração do Contrato: dois anos;

Requisitos mínimos: (a) pós-graduação em Estatística, Sociologia, Economia, ou em áreas relacionadas; (b) cinco anos de experiência relevante na compilação de estatísticas socioeconômicas em nível nacional e/ou em organizações internacionais; (c) fluência em inglês, francês ou espanhol, e conhecimentos limitados de um dos outros dois idiomas, ou de árabe, chinês ou russo.

4) Profissional técnico para o Departamento de Desenvolvimento Econômico e Social

a) Referência: IRC3148;
b) Data limite para inscrições: 26 de fevereiro de 2016;
c) Título (em inglês): Statistician (Economic Statistics);
d) Nível: P3;
e) Unidade (em inglês): Statistics Division (ESS), Economic and Social Development Department (ES);
f)  Local de trabalho: Roma, Itália;
g) Duração do Contrato: dois anos;

Requisitos mínimos: (a) pós-graduação em Estatística ou Economia; (b) cinco anos de experiência relevante em compilação, análise, validação e divulgação de dados, metadados e análises relacionadas com estatísticas econômicas, em organizações nacionais ou internacionais; (c) fluência em inglês ou francês, e conhecimentos limitados de um dos outros dois idiomas, ou de espanhol, árabe, chinês ou russo.

5) Profissional técnico para o Departamento de Desenvolvimento Econômico e Social

a) Referência: IRC3150;
b) Data limite para inscrições: 26 de fevereiro de 2016;
c) Título (em inglês): Statistician;
d) Nível: P4;
e) Unidade (em inglês): Statistics Division (ESS), Economic and Social Development Department (ES);
f)  Local de trabalho: Roma, Itália;
g) Duração do Contrato: dois anos;

Requisitos mínimos: (a) pós-graduação em Estatística, Sociologia, Economia, Nutrição ou áreas relacionadas; (b) sete anos de experiência relevante em compilação e análise de estatísticas de segurança alimentar e/ou nutricional, em organizações nacionais ou internacionais; (c) fluência em inglês, francês ou espanhol, e conhecimentos limitados de um dos outros dois idiomas, ou de árabe, chinês ou russo.

6) Profissional sênior para o Departamento de Cooperação Técnica

a) Referência: IRC3166;
b) Data limite para inscrições: 26 de fevereiro de 2016;
c) Título (em inglês): Senior Natural Resources Management Officer;
d) Nível: P5;
e) Unidade (em inglês): Asia and the Pacific Service (TCIB), Investment Centre Division (TCI), Technical Cooperation Department (TC);
f)  Local de trabalho: Roma, Itália;
g) Duração do Contrato: dois anos;

Requisitos mínimos: (a) pós-graduação em Gestão de Recursos Naturais, Ciências Ambientais, Engenharia Ambiental, Agricultura, Silvicultura, Pesca, Ecologia, Ciências Biológicas ou áreas relacionadas; (b) dez anos de experiência relevante em gestão de planejamento e implementação de recursos naturais, desenvolvimento de projetos e programas de agricultura sustentável, e na formulação e/ou implementação de operações de investimentos FSNARD (segurança alimentar, agricultura e desenvolvimento rural), NRM (gestão sustentável de recursos naturais) e CCA (adaptação às alterações climáticas), em países em desenvolvimento e/ou países em transição; (c) fluência em inglês, francês ou espanhol, e
conhecimentos limitados de um dos outros dois idiomas, ou de árabe, chinês ou russo.

7) Profissional técnico para o Departamento de Cooperação Técnica

a) Referência: IRC3167;
b) Data limite para inscrições: 26 de fevereiro de 2016;
c) Título (em inglês): Agricultural Officer;
d) Nível: P4;
e) Unidade (em inglês): Asia and the Pacific Service (TCIB), Investment Centre Division (TCI), Technical Cooperation Department (TC);
f)  Local de trabalho: Roma, Itália;
g) Duração do Contrato: dois anos;

Requisitos mínimos: (a) pós-graduação em Agricultura, ou áreas diretamente relacionadas; (b) sete anos de experiência relevante no planejamento e implementação de programas de desenvolvimento agrícola, e na formulação e/ou implementação de operações de investimentos FSNARD (segurança alimentar, agricultura e desenvolvimento rural), NRM (gestão sustentável de recursos naturais) e CCA (adaptação às alterações climáticas), em países em desenvolvimento e/ou países em transição; (c) fluência em inglês, francês ou espanhol, e conhecimentos limitados de um dos outros dois idiomas, ou de árabe, chinês ou russo.

8) Profissional técnico para o Departamento de Desenvolvimento Econômico e Social

a) Referência: IRC3177;
b) Data limite para inscrições: 26 de fevereiro de 2016;
c) Título (em inglês): Economist (Quantitative Food Policy and Nutrition Analysis);
d) Nível: P3;
e) Unidade (em inglês): Agricultural Economics Division (ESA), Economic and Social Development Department (ES);
f)  Local de trabalho: Roma, Itália;
g) Duração do Contrato: dois anos (renovável);

Requisitos mínimos: (a) pós-graduação em Economia, Economia Agrícola ou em áreas diretamente relacionadas; (b) cinco anos de experiência relevante combinando análise econômica e quantitativa em nível doméstico, e engajamento politico em questões alimentares e agrícolas (a título indicativo: a pobreza, a segurança alimentar e nutrição, proteção social e economia agrícola); (c) fluência em inglês, francês ou espanhol, e conhecimentos limitados de árabe, chinês ou russo.

9) Profissional sênior para o Departamento de Desenvolvimento Econômico e Social

a) Referência: IRC3178;
b) Data limite para inscrições: 26 de fevereiro de 2016;
c) Título (em inglês): Senior Economist (Food Security and Nutrition);
d) Nível: P5;
e) Unidade (em inglês): Agricultural Economics Division (ESA), Economic and Social Development Department (ES);
f)  Local de trabalho: Roma, Itália;
g) Duração do Contrato: dois anos;

Requisitos mínimos: (a) pós-graduação em Economia, Economia Agrícola, Economia de Política Alimentar, Economia em Nutrição ou em áreas relacionadas; (b) dez anos de experiência relevante em políticas de investigação e análise relacionadas com segurança alimentar e nutricional e relativas políticas de apoio; (c) fluência em inglês, francês ou espanhol, e conhecimentos limitados de árabe, chinês ou russo.

10) Profissional sênior para o Departamento de Desenvolvimento Econômico e Social

a) Referência: IRC3179;
b) Data limite para inscrições: 26 de fevereiro de 2016;
c) Título (em inglês): Senior Economist (Agribusiness and Rural Development);
d) Nível: P5;
e) Unidade (em inglês): Agricultural Economics Division (ESA), Economic and Social Development Department (ES);
f)  Local de trabalho: Roma, Itália;
g) Duração do Contrato: dois anos;

Requisitos mínimos: (a) pós-graduação em Economia, Economia Agrícola, Economia do Desenvolvimento ou em áreas relacionadas; (b) dez anos de experiência relevante combinando análise econômica e quantitativa, e engajamento político no desenvolvimento da cadeia produtiva do agronegócio e desenvolvimento agrícola e rural; (c) fluência em inglês, francês ou espanhol, e conhecimentos limitados de árabe, chinês ou russo.

11) Profissional sênior para o Departamento de Desenvolvimento Econômico e Social

a) Referência: IRC3180;
b) Data limite para inscrições: 26 de fevereiro de 2016;
c) Título (em inglês): Senior Economist (Climate Change and Agriculture);
d) Nível: P5;
e) Unidade (em inglês): Agricultural Economics Division (ESA), Economic and Social Development Department (ES);
f)  Local de trabalho: Roma, Itália;
g) Duração do Contrato: dois anos;

Requisitos mínimos: (a) pós-graduação em Economia, Recursos Naturais e Economia Agrícola, Economia Ambiental, Economia do Desenvolvimento ou em áreas relacionadas; (b) dez anos de experiência relevante combinando análise econômica e quantitativa, e engajamento político em questões de agricultura sustentável e redução da pobreza, gestão de recursos naturais, mudanças climáticas e segurança alimentar (um PhD ou grau equivalente equivalerá a dois anos de experiência profissional); (c) fluência em inglês, francês ou espanhol, e conhecimentos limitados de árabe, chinês ou russo.

12) Profissional sênior para o Departamento de Desenvolvimento Econômico e Social

a) Referência: IRC3181;
b) Data limite para inscrições: 26 de fevereiro de 2016;
c) Título (em inglês): Senior Economist (Macroeconomic Policy, Food Security and Household Welfare);
d) Nível: P5;
e) Unidade (em inglês): Agricultural Economics Division (ESA), Economic and Social Development Department (ES);
f)  Local de trabalho: Roma, Itália;
g) Duração do Contrato: dois anos;

Requisitos mínimos: (a) pós-graduação em Economia, Economia Agrícola, Economia do Desenvolvimento ou em áreas relacionadas; (b) dez anos de experiência relevante combinando análise econômica e quantitativa, e engajamento político em politicas alimentares e questões agrícolas; (c) fluência em inglês, francês ou espanhol, e conhecimentos limitados de árabe, chinês ou russo.

Publicações

 
Sobre a Cooperação Humanitária Brasileira
 
 
 
 
 
Sobre os projetos, programas e parcerias da CGFOME
 
 
 
PAA África em Resumo (em inglês)
 
 
 
 Governo do Brasil e o UNICEF: uma parceria global pela cooperação humanitária (PT/EN)
 
 
Sobre Segurança Alimentar e Nutricional (SAN)
 
  
 
 
  
 
 
 
 
 
 
Sobre Desenvolvimento Rural
 
 
A Política Externa Brasileira e a Reforma Agrária, de 1979 a 2006 - Milton Rondó Filho, Instituto Rio Branco
 
Sobre a Cooperação para o Desenvolvimento
 
O Brasil como ator Internacional - Development Initiatives
 

Galeria