Governo brasileiro apoia esforços humanitários no Equador

Depois de aproximadamente 5 horas de viagem, a aeronave C-105 da Força Aérea Brasileira (FAB), que partiu de Manaus, pousou no aeroporto em Quito no último sábado 23/4, com doações enviadas pelo Governo brasileiro. Os donativos totalizaram carga de 1,5 toneladas, composta por medicamentos, materiais hospitalares e vacinas.

Com o apoio do Ministério da Saúde, em caráter de cooperação humanitária, foram doados 6 kits emergenciais de medicamentos e insumos básicos de saúde, cada um dos kits sendo composto por 42 itens e com capacidade total para atender a aproximadamente 6.000 pessoas por três meses. Foram doadas ainda 600.000 doses de imunoglobulina antitetânica, conforme solicitação recebida do Governo equatoriano para tratamento das vítimas do terremoto.

O Equador declarou estado de emergência após o terremoto ocorrido no sábado (16/4), sendo que o número de mortos, de acordo com o Governo equatoriano, alcança, neste momento, aproximadamente 600 pessoas e 50 desaparecidos.

A aeronave brasileira permanece no Equador auxiliando no transporte de pessoas, mantimentos, medicamentos e outras necessidades nas regiões que estão com difícil acesso terrestre. O retorno ao Brasil está previsto para domingo, 1º de maio.

O apoio coordenado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional (SEDEC-MI) foi fruto da ação integrada entre o Ministério das Relações Exteriores, o Ministério da Saúde, o Ministério da Defesa e a Força Aérea Brasileira.

De acordo com o Coordenador-Geral de Cooperação Humanitária e Combate à Fome do Ministério das Relações Exteriores, Ministro Milton Rondó Filho, “Ajudar nossos irmãos nesta hora nos aproxima do ideal de homens e mulheres solidários que tanto almejamos”.

Fontes: Portal Brasil e Ministério da Defesa.

Share