Governo Brasileiro finaliza missão humanitária no Equador

Neste domingo, 1º de maio, a Aeronave C-105 da Força Aérea Brasileira (FAB) retornou ao Brasil após ter completado missão humanitária no Equador.

A operação contou com dez militares da FAB para auxiliar não somente no envio das doações brasileiras, mas também em outras necessidades emergenciais encontradas nos territórios atingidos pelo terremoto que devastou o norte do país no último dia 16-4.

A aeronave esteve durante sete dias em território equatoriano e, de acordo com o Tenente-Coronel Alexandre Moutta, Comandante da missão, todos os dias foram de trabalho árduo para a equipe. Ao término da missão, foi realizado o transporte de mais de 34 toneladas de cargas humanitárias e mais de 400 pessoas desabrigadas foram levadas para receber atendimento.

“Durante as missões realizadas pudemos observar que, além de transportarmos mantimentos e materiais hospitalares, transportamos principalmente esperança”, declarou o Tenente-Coronel Moutta. O apoio coordenado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional (SEDEC-MI) foi fruto da ação integrada entre o Ministério das Relações Exteriores, o Ministério da Saúde, o Ministério da Defesa e a Força Aérea Brasileira.

A missão brasileira foi finalizada com muito êxito, porém o Equador permanece em estado de alerta e busca junto à comunidade internacional auxílio para se reerguer após a catástrofe. Agências das Nações Unidas, tais como o UNICEF, têm se mobilizado para arrecadar recursos financeiros para ações no Equador. Nos últimos dias, a Embaixada equatoriana em Brasília ativou conta corrente para receber doações:

 

Banco do Brasil

Vítimas Terremoto Equador

Agência nº 1606-3

Conta Corrente nº 85.906-0

CNPJ: 04.370952/0001-58

 

Mais informações sobre como apoiar disponíveis aqui.

Fontes: FAB, MRE, Governo do Equador.

Share